Cristovam compara reformas com Diretas Já

O ministro da Educação, Cristovam Buarque, considerou impressionante a unanimidade a favor das reformas. "Desde as Diretas não se via tanta unidade de liderança. Todos os governadores presentes, nenhum destoou", disse o ministro. Cristovam encontrou com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, que deixava o plenário em cadeira de rodas, e lembrou ao colega machucado da importância de oferecer apoio aos deficientes.Ele contou que, enquanto acompanhava a sessão solene de entrega da proposta de reformas da previdência e tributária, "ficou sonhando" com o dia em que todos os governadores, junto com o presidente da República, estariam reunidos no plenário do Congresso apoiando um grande projeto de reforma educacional que garantisse dobrar o valor do salário dos professores.Na saída da cerimônia, Cristovam se encontrou com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci. Ele estava tentando deixar o plenário em uma cadeira de rodas, que está utilizando devido a fratura que sofreu no tornozelo esquerdo. "Você percebeu como é preciso apoiar mais os deficientes", perguntou Cristovam.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.