Cristina Kirchner designou novo embaixador no Brasil

A presidente Cristina Kirchner designou hoje o diplomata de carreira Luis María Kreckler para ser o novo embaixador da Argentina em Brasília. Kreckler, que substituirá o embaixador Juan Pablo Lohlé - que estava no posto há oito anos e meio - é o atual Secretário de Comércio e Relações Econômicas Internacionais da chancelaria argentina. Kreckler, que também é o vice-chanceler, foi o responsável na prática por grande parte das negociações comerciais argentinas nos últimos tempos.

ARIEL PALACIOS, CORRESPONDENTE, Agência Estado

07 de novembro de 2011 | 18h57

A presidente Cristina solicitou nesta segunda-feira o placet ao Brasil. A resposta positiva do governo da presidente Dilma Rousseff foi imediata.

Com esta designação a presidente Cristina pretenderia estabelecer uma coordenação mais fluida com o Brasil nos âmbitos das negociações internacionais. Esta é a primeira vez em décadas que a Argentina envia como embaixador ao Brasil um diplomata que ocupou o cargo de vice-chanceler (ao contrário do Brasil, que quase sempre enviou à Argentina diplomatas de peso para o posto de embaixador em Buenos Aires). Além disso, será a terceira vez em 23 anos que a Argentina terá um diplomata de carreira na embaixada em Brasília.

O Palácio San Martín, sede da chancelaria argentina, emitiu um comunicado no qual ressaltou que, com esta designação, "o governo argentino ratifica a importância do Brasil como um sócio estratégico de máxima prioridade. Os novos desafios que o contexto internacional apresenta implica em maximizar a coordenação das decisões políticas e econômicas de ambos países, tanto na esfera bilateral como nos foros regionais e globais".

O Palácio San Martín também informou que Kreckler fez parte de seus estudos de segundo e terceiro grau no Brasil.

Homem de confiança de Cristina Kirchner, Kreckler era um dos nomes especulados para ocupar o posto de chanceler no segundo mandato da presidente, reeleita dia 23 de outubro. Os rumores no âmbito diplomático indicam que a presidente Cristina estaria a ponto de remover o chanceler Héctor Timerman.

Lohlé é um dos nomes cotados para ocupar o comando do palácio San Martín, sede de chancelaria argentina. Outro nome que circula com força para substituir Timerman é o de Jorge Arguello, atual embaixador argentino na ONU.

Habilidade

Formado em Sociologia, Kreckler é famoso por sua habilidade de adaptar-se às mais variadas circunstâncias. No início dos anos 90, desde seu posto de cônsul no Panamá, colocou o governo do então presidente Carlos Menem em contato com o cubano Jorge Mas Canossa, líder dos grupos anticastristas de Miami, que lhe abriu as portas para o governo do presidente George Bush. No entanto, uma década e meia depois, durante o governo de Cristina Kirchner, Kreckler foi o responsável pelo sucesso de uma missão empresarial argentina a Cuba que aumentou o comércio bilateral argentino com a ilha caribenha.

Tudo o que sabemos sobre:
embaixadorArgentinaCristina Kirchner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.