ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO
ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO

Cristiane Brasil é nomeada ministra do Trabalho

Deputada assume no lugar do parlamentar Ronaldo Nogueira (PTB-RS)

Luci Ribeiro e Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

04 Janeiro 2018 | 07h40

BRASÍLIA - O Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira, 4, traz publicado o decreto de nomeação da deputada Cristiane Brasil Francisco (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. A titular foi definida ontem pelo presidente Michel Temer depois de encontro com o presidente do partido, o ex-deputado Roberto Jefferson, que é pai da nova ministra.

+ Suplente de Cristiane Brasil na Câmara é ex-presidiário e irmão de Garotinho

Jefferson, que foi condenado no processo do mensalão, se disse emocionado e chorou ao falar com jornalistas ao final do encontro. Para ele, a escolha de Cristiane representa "um resgate da família". "É o orgulho, a surpresa, a emoção que me dá. É o resgate, sabe? É um resgate. (O mensalão) Já passou. Fico satisfeito", disse.

Na quarta-feira, 3, Temer pediu ao PTB para indicar um nome alternativo ao do deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), adversário eleitoral do ex-presidente José Sarney (PMDB), amigo de Temer. Segundo Jefferson, Sarney vetou a indicação do parlamentar, mas o ex-presidente nega a informação. Jefferson também disse que o nome de Cristiane surgiu durante a conversa de ontem com Temer. 

+'É um resgate da família', diz Roberto Jefferson sobre escolha da filha para ministério

Cristiane assume a pasta no lugar do deputado Ronaldo Nogueira (PTB-RS), que deixou o cargo semana passada alegando que irá se candidatar neste ano para mais um mandato parlamentar. A data da posse de Cristiane ainda não foi marcada, mas deve ocorrer na próxima semana. 

VEJA TAMBÉM Por Sarney, Temer muda indicação ao Ministério do Trabalho

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.