Crise nos aeroportos adia reunião do PDT sobre adesão

A reunião da Executiva Nacional do PDT, marcada para esta quarta-feira, em Brasília, foi adiada por causa dos atrasos registrados em diversos aeroportos do País. No encontro, integrantes do partido pretendiam discutir a adesão da legenda ao governo de coalizão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o apoio à candidatura do atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), à reeleição.De acordo com o site do partido, membros da Executiva, parlamentares e governadores que participariam da reunião não conseguiram chegar a Brasília. O encontro ainda não tem nova data marcada.No último dia 28, Lula convidou oficialmente o PDT para fazer parte do governo de coalizão e de seu conselho político. Na ocasião, o presidente nacional do partido, Carlos Lupi (RJ), afirmou que a legenda só deve tomar uma decisão em janeiro, quando ocorrerá a reunião do Diretório Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.