Criar ministério não vai inchar a máquina, afirma Serra

Pré-candidato argumenta que nova Pasta é fundamental para combater o problema

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

27 de abril de 2010 | 15h14

O pré-candidato do PSDB à  Presidência da República, José Serra, disse nesta terça-feira, 27, em Alagoinha, 120 km ao norte de Salvador, que a criação do Ministério da Segurança Pública é fundamental para que o governo federal "mergulhe"  nos problemas que o Brasil enfrenta na área.

 

"Em nenhum Estado do País, as secretarias da Justiça e da Segurança são a mesma coisa", disse, rebatendo críticas da pré-candidata do PT, Dilma Rousseff. Mais cedo, ela afirmou que a criação do Ministério da Segurança não era necessária.

 

Serra também negou que a ideia de criar mais ministérios vai inchar ainda mais a máquina pública. "A máquina pública tem que ser fortalecida nas questões principais do País", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.