Crianças texanas são as mais obesas dos EUA

As crianças do Texas estão entre as mais obesas dos Estados Unidos. E, entre elas, as negras e hispânicas são as que enfrentam maior risco de ficar acima do peso, mostra uma pesquisa feita pela Escola de Saúde Pública da Universidade do Texas e divulgada hoje.As crianças texanas do quarto ano do primeiro grau, entre 8 e 9 anos, estão com um sobrepeso cerca de 46% maior que os pequenos americanos de outras partes do país, diz Deanna Holscher, que chefiou a pesquisa.?Os pais precisam olhar isto em seus filhos?, aconselha. ?Isto implica em um risco para a saúde da criançada por causa do sobrepeso. Os pais precisam encarar isso como algo que necessita de algumas medidas para ser prevenido.?Os pesquisadores coletaram dados de mais de 6.000 estudantes em 30 escolas distritais e 132 escolas por todo o Texas, de 1999 a 2001. Segundo Hoelscher, o levantamento é um dos primeiros a reunir dados em todo o Estado, baseado em medidas de altura e peso de alunos das escolas de primeiro e segundo grau.O estudo considerou alunos de quarto ano com sobrepeso se eles fossem 4,5 quilos mais pesados que a média nacional. A média para uma menina de quarto ano, por exemplo, é de 1,20 m de altura e 28,8 quilos. A margem para estar obeso é de 9 quilos para os alunos do oitavo grau ? com idades entre 12 e 13 anos ? e 13,5 quilos para alunos de 11º ano ? entre 15 e 16 anos.A pesquisa, que será publicada no próximo mês no American Journal of Public Health, descobriu que 22% dos alunos do quarto ano, 19% dos de oitavo e cerca de 16% dos de 11º estava com sobrepeso. Hoelscher explica que os números nacionais não são divididos por anos escolares específicos, mas os mais recentes mostram que 15,3% das crianças de 6 a 11 anos estão obesas, e 15,5% dos adolescentes entre 12 e 19 carregam peso extra.A porcentagem de obesos é maior entre as minorias no Texas, diz Hoelscher. Para os meninos hispânicos de todos os anos escolares, meninas hispânicas no quarto ano e meninas negras nos quarto e oitavos anos, o sobrepeso fica entre 23% a perto de 33%.Para a pesquisadora, não há respostas definitivas sobre o motivo que leve as crianças texanas serem mais obesas. Diferenças culturais em alimentação, imagem cultural e exercícios podem ser razões possíveis para o fato de a minoria texana ser mais pesada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.