Criação do Conselho de Jornalismo não prospera, diz Sarney

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), sepultou hoje o projeto de instituição do Conselho Federal e Jornalismo (CFJ), ao afirmar que a proposta não tem "nenhuma chance de prosperar". Segundo o senador, o projeto de lei enviado pelo governo ao Congresso, "não foi um momento de felicidade" e, por ser jornalista, sua posição tem sido de "sempre defender a imprensa". Sarney afirmou aos jornalistas, logo após uma exposição no seminário "Parlamento Brasileiro: Passado, Presente e Futuro", do Instituto Interlegis, que a proposta do CFJ "é uma tentativa que sempre ocorre ciclicamente de se tentar exercer controles sobre mecanismos da Imprensa".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.