CPMF: governo editará MP com medidas, diz Mantega

As medidas de redução gradual da alíquota da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) e de isenção do tributo para quem ganha até R$ 2.894 serão enviadas por meio de Medida Provisória para o Congresso Nacional, segundo informou hoje o ministro da Fazenda, Guido Mantega.O ministro afirmou ainda que o governo se comprometeu a continuar com uma política de contensão de gastos correntes, com aprovação de projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, que prevê um limite para a expansão dos gastos com pagamento de pessoal. Também se comprometeu a enviar uma proposta de reforma tributária até dia 30 de novembro deste ano e com os R$ 24 bilhões adicionais para a área de saúde já negociados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.