CPMF: cúpula do PSDB cancela reunião da Executiva

Senadores do PSDB estão saindo neste instante do Congresso Nacional para a reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que tentará fechar um acordo com o partido, para a aprovação da prorrogação da cobrança da CPMF. Mas o presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, o líder do partido no Senado, Arthur Virgílio Neto e o senador Sérgio Guerra (PR), que deve suceder Tasso no comando partidário, no final do mês, decidiram cancelar a reunião da Executiva Nacional, marcada para hoje à noite. "Se o governo só vai nos oferecer uma proposta agora de manhã, não tem por que essa pressa de reunir a Executiva para tratar de CPMF", afirmou Sérgio Guerra. Outro dirigente do partido explicou, porém que o cancelamento visa a evitar um confronto público entre a bancada da Câmara, que prega o fim da CPMF e parte da bancada dos senadores que cogita aprovar o imposto. Com isso, o ex-governador, Geraldo Alckmin, que já estava embarcando para Brasília para participar da reunião da Executiva, também desistiu da viagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.