CPI vai investigar atuação de planos de saúde

Dentro de aproximadamente dez dias, começam os trabalhos de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instaurada para investigar a atuação dos planos de saúde no Brasil. A criação da CPI foi aprovada na semana passada, depois de várias tentativas feitas pelo deputado federal Henrique Fontana (PT-RS).Para justificar o pedido, ele disse que os planos de saúde estão entre os campeões de reclamações feitas por institutos de defesa do consumidor. "Nosso objetivo é fazer um grande raio X do sistema, que atende cerca de 36 milhões de pessoas e movimenta R$ 23 bilhões", disse o deputado.As principais reclamações dos usuários serão investigadas pelos parlamentares. Entre elas, abusos na alegação de doenças preexistentes, o aumento exagerado das mensalidades quando os clientes atingem faixas etárias mais elevadas e o ressarcimento que operadoras devem fazer ao Sistema Único de Saúde (SUS) quando o associado é atendido em serviços públicos. As acusações de constrangimento ao exercício da profissão feitas por várias entidades médicas também serão avaliadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.