CPI vai iniciar análise de sigilos de Duda Mendonça

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), analisará nesta quinta-feira os dados sigilosos do publicitário Duda Mendonça nos Estados Unidos em reunião, ainda sem horário definido, que terá com o diretor do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), Antenor Madruga. Os documentos foram enviados pela Promotoria de Nova York há três meses e já foram analisados pelo Ministério Público e pela Polícia Federal, mas será a primeira vez que integrantes da CPI terão acesso a esses dados sigilosos. Os documentos registram a movimentação da conta Dusseldorf no Banco de Boston de Miami.O primeiro contato da CPI com os documentos será o principal fato dos trabalhos da CPI nesta semana. Apesar de nove depoimentos marcados para amanhã nas sub-relatorias da CPI, nenhum está sendo considerado relevante nem deverá atrair as atenções da maioria dos integrantes da comissão. Entre os convidados estão o diretor da Corretora São Paulo, Jorge Ribeiro dos Santos, e representantes dos conselhos deliberativo e fiscal dos fundos de pensão do Banco do Brasil (Previ), Gilberto Audelino Corrêa e Luiz Carlos Siqueira Aguiar.

Agencia Estado,

01 de março de 2006 | 14h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.