CPI sobre remessas ilegais entrará na pauta da Câmara em julho

A CPI que vai investigar a remessa ilegal de dólares ao exterior pelas contas CC-5 deve ser incluída na pauta da Câmara durante a convocação extraordinária, em julho. A decisão foi tomada pelos presidentes do Senado, José Sarney (PMDB-MA) e da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP). Segundo João Paulo, a CPI não vai atrapalhar o calendário das reformas. O senador Sarney está reunido com os líderes partidários para discutir a instalação de uma CPI sobre o mesmo tema, também no Senado, onde há duas semanas a proposta nesse sentido tinha sido arquivada, por acordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.