CPI quer ouvir Duda após ter acesso aos sigilos do publicitário no exterior

O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), disse que a comissão quer ouvir novamente o publicitário Duda Mendonça e poderá aprovar, já nesta semana, requerimento convocando-o para novo depoimento. No entanto, a CPI deverá ouvir Duda somente depois de ter acesso aos documentos obtidos com a quebra do sigilo bancário do publicitário nos Estados Unidos.O presidente da CPI, senador Delcídio Amaral (PT-MS), disse que três integrantes da comissão de inquérito devem viajar aos EUA, na próxima semana, para tentar acesso à papelada do sigilo das contas de Duda.Em seu depoimento à CPI, o publicitário disse que teria apenas uma conta no exterior, mas a edição da revista Veja do último fim de semana afirma que, na verdade, o publicitário e sua sócia, Zilmar Fernandes da Silveira, teriam recebido pelo menos US$ 15 milhões em cinco contas do Bank of America em Miami, dinheiro proveniente de caixa 2. Duas dessas contas teriam o próprio Duda como beneficiário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.