CPI promete divulgar nomes dos 57 parlamentares envolvidos

O vice-presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Raul Jungmann (PPS-PE), disse que a comissão vai divulgar, às 16 horas, os nomes dos 57 parlamentares investigados pelo Ministério Público por envolvimento com a máfia das ambulâncias. Integrantes da CPI também vão ao Supremo Tribunal Federal encontrar-se com o ministro Gilmar Mendes para fazer um último apelo e pedir que os processos contra os parlamentares deixem de correr em segredo de Justiça."É um gesto de gentileza com o Supremo ", disse Jungmann. "Mas a divulgação desses nomes, à tarde, não depende do ministro Gilmar". Mendes é o ministro encarregado, no STF, de examinar os inquéritos dos parlamentares acusados de envolvimento com a compra superfaturada de ambulâncias com recursos do Orçamento da União.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.