CPI pede quebra de sigilos de Sílvio Pereira e Delúbio

Além da convocação do empresário Marcos Valério Fernandes de Souza, o relator da CPI dos Bingos, senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), assinou nesta terça-feira requerimentos de quebra de sigilo bancário, fiscal e telefônico do ex-secretário-geral do PT Sílvio Pereira e do ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares.Segundo Garibaldi, os requerimentos deverão ser votados nesta quarta-feira, depois do depoimento de Sílvio Pereira à CPI, marcado para as 11 horas. A expectativa do relator é a de que Silvio Pereira repita na CPI as declarações feitas em entrevista ao jornal O Globo sobre a ação de Marcos Valério dentro do PT para arrecadar dinheiro de caixa dois para o partido e sobre o papel de Delúbio Soares no esquema do valerioduto. O ex-secretário petista disse na entrevista que Valério tinha planos de arrecadar R$ 1 bilhão para o PT por meio de licitações fraudulentas e superfaturamentos em alguns contratos na área do governo federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.