CPI pede ajuda da Europa para investigar espionagem

A CPI da Espionagem aprovou nesta terça-feira. 24, requerimento em que pedirá apoio da Comunidade Europeia para investigar atividades de espionagem realizadas pelos Estados Unidos. A partir de pedido do senador Walter Pinheiro (PT-BA), a intenção é solicitar o envio de informações sobre o acordo firmado entre Estados Unidos e Inglaterra na década de 1990, o que supostamente envolveria a construção de uma base de espionagem internacional em território britânico.

RICARDO BRITO, Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 16h32

Os integrantes da comissão também concordaram com a convocação de dirigentes de várias companhias telefônicas, como Telefônica, GVT, Oi e TIM, além da Google Brasil, Facebook Brasil e Microsoft.

A comissão foi criada para investigar as denúncias de que a Agência de Segurança Americana (NSA, na sigla em inglês) monitorou ilegalmente dados da presidente Dilma Rousseff e da Petrobras.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI DA ESPIONAGEMCOMUNIDADE EUROPEIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.