CPI faz reunião para tentar acordo sobre relatório

Começou no início da tarde a reunião da comissão de sistematização da CPI dos Correios que visa encontrar um consenso em torno do relatório final a ser votado pela CPI. A Comissão é composta pelos deputados Mauricio Rands (PT-PE), José Eduardo Cardoso (PT-SP), Antonio Carlos Magalhães Neto (PFL-BA), Eduardo Paes (PSDB-RJ), além do relator Osmar Serraglio (PMDB-PR) e do presidente senador Delcídio Amaral (PT-MS). O deputado Carlos Willian (PSC-MG) também participa da reunião. No início da reunião, ele reclamou do PT dizendo que o partido agora que tem condição de fechar um acordo com a oposição esqueceu-se dos acordos fechados com seus aliados em torno do voto em separado (relatório paralelo) apresentado ontem. Embora afirme que há uma série de motivos para indignação com o PT, o motivo principal é que, diante da possibilidade de acordo, o fundo de pensão Prece, ligado à Sedae, do Rio de Janeiro, deve ser citado no relatório final. No relatório paralelo do PT as referências à Prece tinha sido retiradas. Segundo o deputado ACM Neto isto havia ocorrido por um suposto acordo do PT com o ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, ao qual Carlos Willian é ligado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.