CPI dos Sanguessugas revela nome dos 27 novos investigados

O presidente da CPI Mista dos Sanguessugas, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ), divulgou, nesta quarta-feira, 23, a lista com os nomes dos 27 parlamentares que estão sendo investigados pelo Supremo Tribunal Federal sob acusação de envolvimento com a máfia das ambulâncias. Todos os 27 nomes já constam do relatório preliminar aprovado no último dia 10, pela CPI. Deles, três foram inocentados: deputados Gilberto Nascimento (PMDB-SP), Helenildo Ribeiro (PSDB-AL) e Feu Rosa (PP-ES). Biscaia informou que os casos dos 18 parlamentares que já foram inocentados pela CPI poderão ser novamente analisados pela comissão e incluídos, ou não, no relatório final. Do total dos 84 parlamentares que estão sendo investigados pelo Supremo Tribunal, 14 (incluindo os três nomes divulgados hoje) estão entre os 18 que a CPI inocentou no relatório preliminar. Nesse relatório, a CPI pediu a abertura de processo contra 69 deputados e três senadores.Segue a lista, com 26 deputados e um senador:Jorge Pinheiro (PL-DF) Carlos Nader (PL-RJ) Josué Bengston (PTB-PA) Coronel Alves (PL-AP) Carlos Dunga (PTB-PB)Gilberto Nascimento (PMDB-SP) Érico Ribeiro (PP-RS) Almerinda de Carvalho (PMDB-RJ) Heleno Silva (PL-SE) Marcos de Jesus (PFL-PE)Ildeu Araújo (PP-SP) João Grandão (PT-MS) Paulo Gouvêa (PL-RS) João Magalhães (PMDB-MG) Ricardo Rique (PL-PB)Jonival Lucas Júnior (PTB-BA) César Bandeira (PFL-MA) Wellington Roberto (PL-PB) Benjamim Maranhão (PMDB-PB) Agnaldo Muniz (PP-RO)Adelor Vieira (PMDB-SC) Feu Rosa (PP-ES) Robério Nunes (PFL-BA) Celcita Pinheiro (PFL-MT) Marcondes Gadelha (PSB-PB) Helenildo Ribeiro (PSDB-AL) Magno Malta (PL-ES), senador

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.