CPI dos sanguessugas cria quatro sub-relatorias

O relator da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Sanguessugas, senador Amir Lando (PMDB-RO), apresentou os nomes dos parlamentares que integrarão as quatro sub-relatorias da comissão. Segundo ele, a criação das sub-relatorias permitirá a aceleração dos trabalhos da CPMI, cujos primeiros resultados deverão ser apresentados em cerca de 30 dias. Com a sub-relatoria de Sistematização e Controle ficou o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP); a de Investigação de parlamentares, os deputados Sampaio, Fernando Gabeira (PV-RJ), José Carlos Aleluia (PFL-BA) e Júlio Delgado (PSB-MG); na de Investigação do esquema de fraudes na aquisição de unidades móveis de saúde, o senador Wellington Salgado (PMDB-MG) e o deputado Paulo Rubem Santiago (PT-PE); e a de Processo orçamentário, senador Eduardo Suplicy (PT-SP) e a deputada Vanessa Grazziotin (PC do B-AM).O presidente CPI, deputado Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ), divulgou ontem a lista dos 57 parlamentares envolvidos na compra ilegal de ambulâncias, por meio de verbas do Orçamento. Dos total de parlamentares investigados pela Procuradoria Geral da República, 47 são de partidos aliados ao governo: quatro do PSB, dez do PL, cinco do PMDB, 13 do PP, 13 do PTB e dois do PRB. Dos outros dez denunciados, três são do PSDB, quatro do PFL, dois do PSC e um do PPS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.