CPI dos Grampos rejeita convocação de Greenhalgh

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grampos rejeitou hoje o pedido de convocação do ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT) por dez votos a quatro e uma abstenção. Também hoje, a CPI aprovou a convocação do delegado da Polícia Federal (PF) Amaro Vieira Ferreira, que investiga o vazamento de informações no âmbito da Operação Satiagraha, que prendeu, entre outros, o banqueiro Daniel Dantas, o ex-prefeito da capital paulista Celso Pitta e o investidor Naji Nahas. Greenhalgh foi flagrado, em escuta telefônica, conversando com Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando pedia ao assessor para verificar se estava em curso alguma investigação contra Dantas. Greenhalgh estava atuando como advogado do grupo Opportunity, do banqueiro preso - e depois solto - na Satiagraha. Os deputados da comissão aprovaram ainda a convocação do procurador da República, Roberto Diana Dassiê.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.