CPI dos Grampos deve ouvir diretor afastado da Abin

Afastado temporariamente na segunda-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o diretor-geral-adjunto da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), José Nilton Campana, deve ser ouvido hoje na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grampos. Ele foi convocado para falar sobre a denúncia de uma suposta participação da Abin em grampo ilegal contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. A sessão da CPI começa às 14h30. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.