CPI dos Grampos convoca de novo Protógenes e Dantas

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grampos, da Câmara dos Deputados, que investiga as escutas telefônicas clandestinas, aprovou hoje requerimento convidando o ministro da Justiça, Tarso Genro, para depor na comissão. Convite semelhante foi aprovado para o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes. A assessoria de Mendes já informou, no entanto, que ele não irá à comissão. A CPI convocou para depor novamente o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz e o sócio-fundador do Grupo Opportunity Daniel Dantas.Foram também convocados para depor o ex-agente do Serviço Nacional de Informações (SNI) Francisco Ambrósio do Nascimento, apontado pela revista IstoÉ como responsável pelo grampo telefônico que gravou conversa do ministro Gilmar Mendes com o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), o diretor-geral interino da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Wilson Trezza, e a vice-presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) de São Paulo, Suzana Camargo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.