CPI dos Correios retoma depoimentos

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Correios retoma hoje os depoimentos. Deverão ser ouvidas neste mês cerca de 30 pessoas. Nesta manhã, na sub-relatoria de Contratos, serão iniciados os cinco depoimentos desta terça-feira, com Marcos Valerius Pinto Pinheiro de Macedo, advogado da Skymaster, empresa aérea de transporte de cargas acusada de superfaturar contratos feitos com os Correios. Em depoimento no final do ano passado, Francisco Marques Carioca - segurança da empresa Cortez Câmbio e Turismo Ltda - declarou ter sacado mais de R$ 1 milhão das contas da Skymaster entre fevereiro de 2000 e julho de 2001, a pedido de Marcos Pinto. A Cortez fazia operações de câmbio para a Skymaster no Amazonas. Também hoje, às 10h30, Carioca voltará a depor. Às 12h30, será a vez de Reginaldo Reges Menezes de Fernandes, e às 13h30, de Éder Jouber Ribeiro Cabo Verde. Os dois são funcionários da Skymaster e serão questionados sobre a remessa de dinheiro da empresa para o exterior. O último depoimento marcado para hoje, de Carlos Alberto Taveira Cortez, sócio-administrador da empresa Cortez, onde Francisco Marques Carioca trabalha, será iniciado às 15 horas. Todas as atividades serão realizadas na Sala 2 da Ala Nilo Coelho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.