CPI dos Correios marca sessão administrativa para terça

O relator da CPI dos Correios, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), informou que uma nova reunião administrativa da comissão de investigação foi marcada para terça-feira que vem, às 15 horas. Ele disse que a reunião prevista para hoje de manhã foi cancelada para evitar uma discussão "estéril" sobre a convocação do ministro da Justiça, Mário Thomaz Bastos.A oposição quer convocar o ministro para que ele explique, na CPI, as investigações que estão sendo feitas pela Polícia Federal sobre a autenticidade de uma lista com os nomes de 156 políticos que teriam recebido recursos de caixa 2 em 2002. A listas seriam de autoria do ex-diretor de Furnas Dimas Toledo, que depõe amanhã na CPI.Serraglio disse, ainda, que a CPI só vai decidir se o lobista mineiro Nilton Monteiro deve comparecer à comissão depois do depoimento de Toledo. "Só vamos decidir se o Nilton Monteiro vem, depois de ouvirmos o Dimas Toledo", afirmou o relator da comissão, que está lendo o teor dos depoimentos prestados pelo lobista mineiro à Polícia Federal. Nilton Monteiro teria entregue à PF a lista com nomes de 156 políticos, assinada por Dimas Toledo. O que se discute, entre outros, se a assinatura de Toledo é verdadeira ou falsa. O próprio Toledo tem negado a autoria da lista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.