CPI dos Cartões adia votação para pedir dados sigilosos

Em sua primeira sessão administrativa, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Cartões Corporativos aprovou hoje doze requerimentos de convites a autoridades do atual governo e do governo de Fernando Henrique Cardoso. Foi aprovado, também, requerimento do deputado Paulo Teixeira (PT-SP) que solicita ao planejamento envio de dados à CPI dos cartões corporativos e das contas tipo B que não sejam sigilosos, dos últimos 10 anos. No entanto, acordo entre governo e oposição adiou para daqui a duas semanas a votação de requerimentos que solicitam o envio à CPI de todas as informações sigilosas sobre contas tipo B e os cartões corporativos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.