CPI do Senado é efeito de 'operação abafa', diz deputado

O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) apresentou protesto hoje em nome da bancada do partido contra a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado sobre cartões corporativos. Segundo o deputado, a racionalidade perdeu lugar para a emoção e isso afeta o Senado, uma das instituições mais respeitáveis da República. Já o deputado Índio da Costa (DEM-RJ) atribuiu a criação da CPI no Senado à atuação da base governista, que estaria impedindo as investigações com uma "operação abafa". O deputado Maurício Quintella Lessa (PR-AL) afirmou que a criação da CPI do Senado descumpre um acordo entre oposição e governo, quando a presidência da comissão foi negociada para que as investigações fossem realizadas apenas por uma CPI mista. A presidente da CPMI, senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), afirmou que deputados e senadores devem lutar para que o Congresso dê as respostas esperadas pela sociedade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.