CPI do MST já tem mais assinaturas que as necessárias, diz Onyx

Deputado disse que destruição de laranjal em SP convenceu parlamentares que relutavam em apoiar comissão

Rosa Costa, de O Estado de S.Paulo,

09 de outubro de 2009 | 16h14

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) acaba de anunciar que conseguiu 172 assinaturas - uma a mais do que as necessárias - em um requerimento de criação de uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar as atividades do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

 

Segundo ele, até terça-feira o total de assinaturas deve chegar a 180. Ele comentou que há parlamentares enviando assinaturas por Sedex e por fax. Lorenzoni disse que a destruição de um laranjal pelo MST em São Paulo acabou convencendo os parlamentares que relutavam em apoiar a criação da CPI. No Senado, o requerimento já conta com 32 assinaturas - cinco a mais do que as necessárias.

 

Lorenzoni disse que na terça-feira conversará com a senadora Kátia Abreu (DEM-TO) e que, na quarta-feira, ambos devem protocolar na Mesa do Congresso um requerimento de criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) sobre o MST.

Tudo o que sabemos sobre:
CPIMSTassinaturasOnyx Lorenzoni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.