CPI do Cachoeira ouve responsável pela Operação Vegas nesta terça

Alexandre Marques de Souza depõe em reunião fechada para parlamentares membros da comissão

estadão.com.br

08 de maio de 2012 | 09h28

BRASÍLIA - A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga as relações entre o contraventor Carlinhos Cachoeira e agentes públicos e privados ouvirá nesta terça-feira, 8, Alexandre Marques de Souza, o delegado da Polícia Federal responsável pelas investigações da Operação Vegas. A reunião, fechada e restrita apenas aos parlamentares membros da comissão, ocorre às 14h30, no Senado.

 

A partir desta terça, os parlamentares que integram a comissão terão acesso ao inquérito em uma sala monitorada por câmeras de segurança. O objetivo da medida é evitar o vazamento de informações contidas no inquérito sigiloso que está sendo analisado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

A comissão, instaurada no dia 19 de abril, é formada por 16 deputados e 16 senadores. Os parlamentares investigarão as informações obtidas pela PF, por meio das operações Vegas e Monte Carlo, sobre um suposto esquema montado por Cachoeira, que está preso desde o fim de fevereiro. Ele é acusado de vários crimes, entre os quais exploração de jogo de azar, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e contrabando.

 

A secretaria da CPMI informou que os mais de 170 requerimentos apresentados pelos integrantes da comissão só serão votados no dia 17 de maio, dois dias depois do depoimento de Carlinhos Cachoeira, agendado para o dia 15.

 

Na quinta-feira, 10, será a vez de os responsáveis pela Operação Monte Carlo serem ouvidos pelos parlamentares. Deporão o delegado da PF Matheus Mella Rodrigues e os procuradores da República Daniel de Rezende Salgado e Lea Batista de Oliveira.

 

Saiba mais sobre quem mais vai depor e quando

 

Com informações da Agência Câmara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.