CPI do Cachoeira ouve governadores de GO e do DF em junho

Marconi Perillo (PSDB) e Agnelo Queiroz (PT) estão convocados para comparcer nos dias 12 e 13 de junho, respectivamente

Ricardo Brito, da Agência Estado

31 Maio 2012 | 11h14

BRASÍLIA - O presidente da CPI do Cachoeira, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), informou nesta quinta-feira, 30, que marcou a audiência para ouvir os governadores de Goiás, o tucano Marconi Perillo, e do Distrito Federal, o petista Agnelo Queiroz, para os dias 12 e 13 de junho, respectivamente. Os encontros foram marcados por Vital com a anuência do relator da comissão, deputado Odair Cunha (PT-MG), e da liderança do PSDB na Câmara.

A comissão aprovou os pedidos de convocação dos dois governadores na quarta-feira, 30, ocasião em que o colegiado recusou o depoimento do governador do Rio de Janeiro, o peemedebista Sérgio Cabral.

O líder do PSDB do Senado, Alvaro Dias (PR), pretendia que o depoimento de Perillo fosse tomado já no próximo dia 5, mas Vital negou o pedido, alegando que já estava acordada a data com a liderança dos tucanos da Câmara, por intermédio do deputado Carlos Sampaio (SP).

Mais conteúdo sobre:
CPI Cachoeira Perillo Agnello

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.