Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

CPI do Cachoeira abre reunião para ouvir Demóstenes

O presidente da CPI do Cachoeira, Vital do Rêgo (PMDB-PB), abriu nesta quinta-feira pela manhã a reunião em que vai ouvir o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO). O parlamentar é suspeito de defender os interesses do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

RICARDO BRITO, Agência Estado

31 de maio de 2012 | 10h53

O advogado de Demóstenes, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse ontem que o senador ficará calado durante o depoimento, uma vez que já apresentou na terça-feira seus esclarecimentos no processo de quebra de decoro a que responde no Conselho de Ética do Senado.

"Sendo assim, para que vir? Não vejo sentido. Se ele vier, vai permanecer calado", adiantou Kakay. A defesa do parlamentar informou ter solicitado a transcrição das declarações do senador ao conselho, que será entregue à CPI. Na quarta, porém, a comissão parlamentar não apreciou o pedido da defesa, o que, na prática, obriga Demóstenes a aparecer, mesmo que para não dizer nada, como ocorreu com a maioria dos depoentes. Ontem, a CPI quebrou os sigilos bancário, fiscal e telefônico do senador goiano desde janeiro de 2002.

Tudo o que sabemos sobre:
CPICachoeiraDemóstenes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.