CPI do Banestado vai ouvir Gustavo Franco

A CPI que apura a evasão de divisas para o exterior, por meio das contas CC-5 ouvirá daqui a pouco o ex-presidente do Banco Central, Gustavo Franco. Os senadores querem que Franco fale a respeito das diversas operações de transferência de recursos, ocorridas durante sua gestão no BC, especialmente em 1996, quando foi editada portaria que autorizava o transporte de valores por carros fortes na fronteira entre Brasil e Paraguai.

Agencia Estado,

22 de julho de 2003 | 09h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.