CPI do Banespa deve sair na próxima semana

Por requerimento do ex-governador de São Paulo e deputado Luiz Antônio Fleury Filho (PTB-SP), a Câmara deverá instalar na próxima semana uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar irregularidades no Banespa, durante o regime de administração especial do Banco Central (BC).Hoje, foi lido em plenário o ato com o pedido de instalação, mas a constituição da comissão foi adiada. Entre os 18 parlamentares que conduzirão as investigações, ainda não foram definidos o presidente e o relator da CPI.Enquanto o PT estará representado na nova CPI pelos deputados Ricardo Berzoini (SP) e Iara Bernardi (SP), o bloco do PSDB e do PTB terá o ex-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF) Danilo de Castro e também Fleury Filho.O Banespa passou para a administração do BC em dezembro de 1994, quando Fleury Filho ainda era governador. Na época, o ministro da Fazenda era o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PPS), enquanto o presidente do BC era o ministro Pedro Malan. Isso foi às vésperas de o ex-governador Mário Covas assumir o cargo. O banco ficou sob o comando do BC por três anos, quando foi, então, federalizado e, em 2000, vendido para o espanhol Santander.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.