CPI das ONGs não é instalada por falta de quórum

A CPI do Senado que investigará a atuação das ONGs não foi instalada por falta de quórum. Nesta quinta-feira, os parlamentares da base governista não compareceram à instalação da comissão, impedindo o seu funcionamento.O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) foi até a sala onde seria instalada a comissão e pediu ao senador Heráclito Fortes (PFL-PI), autor do requerimento de criação da CPI, que esperasse até a próxima semana para que os líderes da base aliada e da oposição escolham o presidente e o relator da comissão. "Não há intenção do governo de barrar a CPI", afirmou Jucá. "Ela só não vai ser instalada hoje, para que possamos chegar a um entendimento".De acordo com o líder do governo no Senado, a idéia dos parlamentares é fazer uma reunião na próxima terça-feira entre os líderes da base aliada e da oposição para discutir a CPI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.