CPI das ONGs é prorrogada por mais 180 dias

Senador justificou a prorrogação com o argumento de que 'até agora não foi possível avançar nas investigações'

ROSA COSTA, Agencia Estado

30 de abril de 2008 | 17h46

A Comissão Parlamentar de Inquérito das Organizações Não-Governamentais (ONGs), cujo término estava previsto para 12 de maio, foi prorrogada por mais 180 dias. O requerimento do senador Heráclito Fortes (DEM-PI) estendendo o prazo da comissão encarregada de investigar desvios nos repasses de dinheiro público a entidades não-governamentais foi lido nesta quarta-feira, 30, no plenário do Senado. Heráclito justificou a prorrogação com o argumento de que "até agora não foi possível avançar nas investigações, já que colegas da bancada governista insistem em rejeitar requerimentos de quebras de sigilo e de convocação de pessoas e empresas suspeitas ligadas ao PT e ao governo".

Tudo o que sabemos sobre:
CPI das ONGs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.