CPI das ONGs convoca presidente do IBDES para depor

Apesar da oposição dos governistas, a CPI das ONGs aprovou requerimento do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) convocando para depor o presidente do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Social (IBDES), Fábio Rodrigues Rolim. Outra CPI, a dos Bingos, constatou que o IBDES atuava como uma ONG de fachada que teria ligações com órgão públicos e com pessoas envolvidas na renovação do contrato da multinacional Gtech com a Caixa Econômica Federal. A comissão decidiu solicitar ao Ministério Público do Distrito Federal o teor de todas as ações movidas contra Rolim e o instituto e também requisitar a transferência da CPI dos Bingos de todos os dados referentes a ambos. Como justificativa, o senador lembra que, além de estar sendo investigado, Rolim foi alvo de um pedido de indiciamento daquela comissão por lavagem de dinheiro e crime contra a ordem tributária. O senador Sibá Machado (PT-AC) tentou impedir a investigação. Ele disse que sua intenção era a de brecar o desejo do senador Dias de "criar fatos premeditados", ao convocar pessoas antes de dispor de documentos que justifiquem o seu comparecimento. "Quero o fato no papel, seja ele o presidente ou o papa", afirmou. Ele nega ter sido acionado pelo Planalto para proteger Rolim. Já Álvaro Dias afirma que a "tentativa de impedir a convocação demonstra o receio daqueles que querem enterrar uma denúncia".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.