CPI da Loterj aprova convocação de Waldomiro para depor

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Loterj/Rioprevidência da Assembléia Legislativa fluminense aprovou hoje a convocação do ex-presidente da Loterj Waldomiro Diniz, que em 2003 e no início de 2004 foi subchefe de Assuntos Parlamentares da Casa Civil da Presidência da República. A data do depoimento ainda será decidida pelos deputados, provavelmente na próxima semana. Os parlamentares também resolveram pedir à Justiça a quebra de sigilos bancário, fiscal e telefônico de Diniz.Na mesma reunião, o deputado estadual Paulo Ramos (PDT) chegou a apresentar a proposta de convocar o chefe de gabinete do ministro José Dirceu, Marcelo Sereno, que, segundo o sociólogo Luiz Eduardo Soares, teria participado de uma reunião em 2002, na qual Soares teria relatado a atuação irregular de Diniz. "Luiz Eduardo Soares fez referência a um episódio importantíssimo, até crucial para esta comissão", disse o deputado do PDT. Diante da resistência do presidente da CPI, Alessandro Calazans (PV), de um dos relatores, Paulo Melo (PMDB), e de Gilberto Palmares (PT), contrários à proposta, o pedetista a retirou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.