CPI da Corrupção depende de apenas 1 assinatura

O líder do bloco de oposição no Senado, José Eduardo Dutra (PT-SE), anunciou noinício da tarde que o requerimento para criação da CPI da Corrupção já conta com 26 assinaturas, faltando apenas uma para possibilitar a constituição da comissão (o mínimo necessário são 27). A nova assinatura, acrescentada ao requerimento, é a do ex-ministro da Integração Nacional, senador Fernando Bezerra (PTB-RN). "Criar a CPI, até acho possível. Mas fazê-la funcionar é mais difícil", admitiu Dutra. Ele não acredita que os três senadores "carlistas" (do grupo do ex-senador Antonio Carlos Magalhães), os pefelistas baianos Waldek Ornélas, Paulo Souto e Antonio Carlos Júnior, assinem o requerimento."Na verdade, o ACM nunca quis a CPI", lembrou Dutra. Entre os senadores que já assinaram o requerimentos estão 10 governistas e 16 oposicionistas. Os governistas, além de Bezerra, são os peemedebistas Amir Lando (RO), Casildo Maldaner (SC), Pedro Simon (RS), José Fogaça (RS), Roberto Requião (PR), José de Alencar (MG) e Maguito Vilela (GO), este presidente nacional do PMDB, e os pessedebistas Álvaro Dias e Osmar Dias, ambos do Paraná.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.