CPI convoca Okamoto para acareação com Venceslau

A CPI dos Bingos aprovou requerimento do senador Antero Paes de Barros (PSDB-MT) para que seja convocado o presidente do Sebrae, Paulo Okamoto, para uma acareação com o ex-tesoureiro das prefeituras de São José dos Campos e Campinas, Paulo de Tarso Venceslau. A convocação foi obtida com voto de minerva do presidente da CPI, senador Efraim Moraes (PFL-PB), depois de um empate por 7 a 7 entre os demais membros da comissão.A aprovação ocorreu momentos depois de a mesma CPI haver derrotado um requerimento de nova convocação de Okamoto - que já compareceu anteriormente à CPI - para depor. O requerimento, de autoria do líder da minoria no Senado, José Jorge, foi derrotado graças a uma estratégia comandada pelo senador Tião Viana (PT-AC) de atrair para a CPI integrantes que raramente comparecem a suas sessões, como os senadores Gilvan Borges (PMDB-AP) e Valdir Raupp (PMDB-RO). A derrota foi ainda assegurada pelo voto do senador do PDT, Augusto Botelho (RR), contrariando orientação de sua liderança partidária.Entretanto, logo em seguida, o mesmo Botelho votou a favor do requerimento de Antero, pela acareação de Okamoto com Venceslau, o que lhe rendeu uma bronca de Tião Viana, que acabara de obter seu apoio contra um requerimento semelhante, sendo que uma acareação coloca Okamoto em situação ainda mais delicada que um depoimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.