CPI convoca dirigente da CEF para depor

A CPI dos Bingos, no Senado, aprovou nesta quarta-feira requerimento convocando a vice-presidente de Tecnologia da Caixa Econômica Federal (CEF), Clarice Coppetti, a prestar depoimento à comissão na quinta-feira, dia 23.De acordo com o autor do requerimento de convocação, senador José Jorge (PFL-PI), Clarice Coppetti deverá apresentar esclarecimentos sobre a suspeita de envolvimento de funcionários da Caixa na violação do sigilo da conta bancária do caseiro Francenildo dos Santos Costa.O caseiro, em entrevista ao Estado e em depoimento à CPI, contrariou a afirmação do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, de que nunca esteve na mansão de Brasília em que se reuniam ex-assessores do ministro para tratar de negócios suspeitos.Contratos com a GtechAlém de falar da violação do sigilo de Nildo, Clarice Coppetti deverá prestar informações, segundo José Jorge, sobre a contratação de 25.000 terminais de computadores pela Caixa por meio da empresa Diebold Procomp.Jorge disse que a CPI já tem indícios de que essa empresa também teve participação no processo de renovação do contrato da Caixa Econômica com a multinacional Gtech para exploração dos serviços eletrônicos das loterias federais.O senador do PFL afirmou também que a quebra do sigilo telefônico de Ralph Barquete revelou que houve pelos menos 161 ligações telefônicas entre esse ex-assessor de Palocci e o presidente da Diebold Procomp, João Abud Júnior. Barquete, que trabalhou na CEF e também na Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) quando Palocci era o prefeito do município, morreu em junho de 2004.

Agencia Estado,

22 de março de 2006 | 17h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.