CPI aprova convocação de Gustavo Franco e ex-diretores do BC

A CPI do Banestado aprovou, nesta quarta-feira, a convocação do ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco para prestar novos esclarecimentos sobre movimentação de contas CC5 que teriam sidoutilizadas para remessa irregular de dinheiro ao Exterior. Os ex-diretores do BC Daniel Gleiser, Demóstenes Madureira de Pinho e Carlos Alberto Andrade também foram convocados. Além disso, a CPI aprovou a quebra do sigilo bancário do ex-presidente da Transbrasil Antonio Celso Cipriani, acusado de enviar ilegalmente ao Exterior US$ 35 milhões de dólares e de ser responsável pela falência fraudulenta da empresa aérea.O relator da CPI, deputado José Mentor (PT-SP), autor do requerimento da nova convocação dos quatro ex-dirigentes do BC, já ouvidos em 2003, argumentou que eles precisam esclarecer melhor os critérios adotados pelo banco para autorizar algumas agências bancárias a receberem depósitos em contas CC5 em valores superiores ao limite de R$ 10 mil. Segundo Mentor, essa autorização facilitou as supostas fraudes nas remessas de dinheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.