CPI aprova convocação de delegado e procurador da República

No entanto, a comissão rejeitou a convocação do ex-deputado Greenhalgh, flagrado em escuta telefônica

Ana Paula Scinocca, de O Estado de S.Paulo

12 de novembro de 2008 | 20h39

A CPI dos Grampos rejeitou nesta quarta-feira, 12,  o pedido de convocação do ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT) por 10 votos a 4 e uma abstenção. Greenhalgh foi flagrado, em escuta telefônica, conversando com Gilberto Carvalho, chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e na qual pedia ao auxiliar presidencial para "dar uma olhada lá" se havia em curso alguma investigação contra o banqueiro Daniel Dantas. Greenhalgh estava atuando como advogado do grupo Opportunity, de Dantas.   Veja também: Presidente da CPI dos Grampos quer prorrogar trabalhos Especial explica a Operação Satiagraha Multimídia: As prisões de Daniel Dantas Daniel Dantas, pivô da maior disputa societária do Brasil   A CPI aprovou a convocação do delegado da Polícia Federal (PF) Amaro Vieira Ferreira, que investiga o vazamento de informações no âmbito da Operação Satiagraha. Os deputados da comissão aprovaram ainda a convocação do procurador da República, Roberto Diana Dassiê.

Tudo o que sabemos sobre:
CPI dos GramposOperação Satiagraha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.