Covas volta a ter dificuldade para falar

O governador licenciado Mário Covas voltou atropeçar nas palavras quando falava durante a inauguração da duplicação de 23quilômetros da Rodovia Raposo Tavares, hoje, em Araçoiaba da Serra, região deSorocaba. Acomodado no centro da mesa, depois de chegar em cadeira de rodas, ele tevedificuldade para dar ritmo ao discurso de cerca de dez minutos. Com a bocaligeiramente torta, começou falando baixo, em tom balbuciante. Tinha dificuldade paraconcluir as frases e, em alguns momentos, apresentou lapsos de memória.Ao mencionar que seria iniciada a duplicação da Raposo entre Sorocaba e Cotia,esqueceu o nome dessa cidade. Teve que pedir ajuda também para lembrar o nome dobairro de Jundiaquara, ali perto, cuja vicinal mandara asfaltar. Nas duas ocasiões, osecretário dos Transportes, Michael Zeitlin, que estava ao lado, veio em seu socorro.Assessores lembraram que ele continuava recebendo medicamentos em sua luta contra ocâncer. Mesmo assim, manteve-se humorado. Ao agradecer os que torciam por sua cura,mencionou que a primeira-dama e vereadora de Araçoiaba da Serra, Idalina Duarte,tinha um motivo a mais: era santista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.