Covas brinca sobre seus lapsos em discurso

O governador licenciado de São Paulo, Mário Covas (PSDB), brincou hoje sobre seus lapsos na hora de seu discurso, na inauguração das obras de ampliação e modernização do aeroporto estadual Tancredo Neves, em Botucatu, interior de São Paulo. Ao trocar um nome quando começou a citar as autoridades presentes, ele riu. "É o primeiro erro, pode acrescentar no jornal", disse, fazendo o público rir. Covas se mostrou muito bem disposto, mas estava rouco. Ele divertiu o público presente, se queixando do calor que faz na região. "Ontem, na inauguração aqui perto... onde foi mesmo? Ah, em Araçoiaba da Serra, tava um calor de matar", comentou ele. Depois, ele disse que estava na inauguração por ser um "enxerido", provocando novas risadas. "Passei por aqui para ver se vocês me toleram por uns dez minutos", afirmou, se referindo ao fato de que iria discursar brevemente sobre a obra e a importância do sistema de transporte aeroviário. Covas pediu os números do governo referentes aos investimentos feitos no setor, citando uma série de reformas e de construção de novos aeroportos. Ao comentar sobre Itapeva, ele trocou por Itapevi e foi corrigido por assessores. "Segundo erro", disse ele.O governador licenciado agradeceu a cidade pelos votos que sempre recebeu na região. "Em mil novecentos e tanto - não me lembro o ano e não quero cometer o terceiro erro - a maior votação percentual para presidência que tive foi aqui. Onde eu tive mais voto é que eu tenho mais rezas (pela sua saúde) e agradeço a todos vocês por isso", afirmou.Covas voltou a exaltar o governador em exercício Geraldo Alckmin. "Tenho um vice que é um craque, chuta com os dois pés. Deve ter se formado na Vila Belmiro", brincou, se referindo ao estádio de seu time, o Santos. Depois de tirar o pano que encobria a placa de inauguração da obra, junto com Alckmin, Covas deixou o palanque em direção ao helicóptero que o trouxe de volta ao Palácio dos Bandeirantes, sendo muito aplaudido e cumprimentado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.