Costa quer Lula na luta contra Anastasia em Minas

Mesmo diante de uma suposta resistência do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a campanha de Hélio Costa (PMDB) editou uma mensagem de telemarketing que será dirigida aos eleitores mineiros utilizando uma fala gravada anteriormente por Lula.

AE, Agência Estado

08 de setembro de 2010 | 11h54

Com o avanço do governador tucano e candidato à reeleição, Antonio Anastasia, nas pesquisas de intenção de voto, o peemedebista joga suas fichas na nacionalização da campanha estadual e na popularidade do presidente, estrela de um comício programado para esta noite de em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Durante a visita, a intenção dos apoiadores de Costa é convencer Lula a gravar uma mensagem específica de apoio ao candidato para a campanha, por telefone. O recurso do telemarketing foi utilizado pelo ex-governador Aécio Neves (PSDB) em favor de Anastasia e considerado eficaz.

"Eu gravei o telemarketing e certamente tem uma participação do presidente pedindo voto para mim", disse Costa. "É uma fala minha e dele. Com a vinda dele, vamos fazer várias outras gravações, para TV, rádio e possivelmente telemarketing."

A intenção é que a mensagem atinja entre 3,5 milhões e 4 milhões de telefones fixos no Estado. "O ex-governador (Aécio) fez no Estado inteiro, acho que ele cobriu 4 milhões de aparelhos", comentou Costa, que diz desconhecer qualquer resistência do presidente à sua ideia. "Nunca tive um não do presidente em termos de campanha. Minas Gerais é importante para ele, é importante para nós." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições 2010Hélio CostaLulaMG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.