Cortes no Orçamento devem sair na próxima semana

O contingenciamento das verbas do Orçamento deste ano, já previsto pelo governo, será anunciado na próxima semana, informou nesta quarta-feira o Ministério do Planejamento. O presidente da Comissão Mista de Orçamento, deputado Gilmar Machado (PT-MG), afirmou que o contingenciamento será de R$ 15 bilhões, segundo informações da Agência Câmara. No início do ano passado, o governo bloqueou R$ 14,2 bilhões em verbas orçamentárias, frente a uma previsão de corte de R$ 20 bilhões feita por parlamentares da comissão. À ocasião, a maior parte dos cortes foi feita em investimentos. Numa reunião da Junta de Execução Orçamentária nesta quarta-feira no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os ministros que compõem o grupo discutiriam o volume exato a ser contingenciado. Assim que o valor estiver definido, o Planejamento poderá divulgar o decreto de programação orçamentária e financeira, que estabelece os recursos que serão colocados à disposição dos ministérios ao longo do ano. Lula confirmou na última terça-feira, no Rio de Janeiro, que o governo faria o represamento de verbas do Orçamento, mas garantiu que os recursos destinados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) seriam preservados. O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) - anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 22 de janeiro deste ano - prevê investimentos de R$ 503,9 bilhões até 2010 em infra-estrutura: estradas, portos, aeroportos, energia, habitação e saneamento. O objetivo é destravar a economia e garantir a meta de crescimento de 5%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.