Cortes no Judiciário serão discutidos em almoço nesta quinta

Presidente de relator da Comissão do Orçamento se reunirão com a presidente do STF, Ellen Gracie

ROSANA DE CASSIA, Agencia Estado

16 Janeiro 2008 | 14h38

O presidente e o relator da Comissão Mista de Orçamento, senador José Maranhão (PMDB-PB) e o deputado José Pimentel (PT-CE), vão almoçar nesta quinta-feira com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie.   Na pauta, os cortes no orçamento do Judiciário para compensar o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). O convite, segundo assessores da comissão, teria partido da ministra. O almoço foi marcado para 13 horas, na residência da ministra.     Após a reunião em que os presidentes dos tribunais superiores conversaram com Ellen Gracie, sobre os cortes que deverão ser feitos no Orçamento do Poder Judiciário, a ministra fez declaração enviando um recado ao governo federal. Gracie avisou que cortes no orçamento do Judiciário podem acabar prejudicando a arrecadação de recursos pela União.     "No caso da Justiça Federal, os ministros entendem que cortes aleatórios podem prejudicar a prestação de serviços e causar prejuízos à União, uma vez que esses segmentos, por meio da cobrança da dívida ativa, arrecadam mais do que custam ao Tesouro", afirmou a presidente do Supremo, por intermédio da sua assessoria.   Serão cortados R$ 20 bilhões do Orçamento de 2008  para compensar o fim da CPMF.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.