Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Corte no Orçamento deve ser 'em torno de' R$ 70 bilhões, diz Jucá

Expectativa é que valor do contingenciamento seja anunciado pelo governo federal nesta quinta-feira

Rachel Gamarski, O Estado de S. Paulo

20 de maio de 2015 | 12h21

Brasília - O senador Romero Jucá (PMDB-RO) afirmou nesta quarta-feira, 20, que o governo deverá realizar um contingenciamento em torno de R$ 70 bilhões. De acordo com ele, a discussão é entre R$ 60 e 70 bilhões. "Esse ano o governo tem que fazer um esforço fiscal maior", afirmou o senador, que participou de um café da manhã com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e parlamentares da base e da oposição ao governo.

Jucá disse ainda que as emendas individuais serão contingenciadas proporcionalmente ao tamanho do corte e que não será grande. O senador Delcídio Amaral (PT-MS), afirmou que número deve ser divulgado nesta quinta-feira, 21. "A informação que eu tenho é essa e ninguém me corrigiu ainda."

Após o café da manhã com Levy, que teve como tema principal a reforma do ICMS, senadores da base aliada afirmaram que votarão a favor da aprovação das medidas provisórias 664 e 665. Os textos sugerem mudanças no acesso a benefícios trabalhistas e previdenciário.

Segundo o senador Delcídio Amaral, a MP 665 entrará em discussão nesta quarta e a 664, na próxima terça-feira. "Hoje nós vamos discutir e votar a 664 mas não teremos tempo para a 665, que deve ficar para a semana que vem". O parlamentar também afirmou que fará o possível para que a medida seja aprovada com as mesmas alterações feitas na Câmara.

Para o senador da oposição e líder do Democratas, Ronaldo Caiado (DEM-GO), há clima para derrubar a votação das medidas provisórias. "Vamos trabalhar para derrubar as MPs, estão fazendo ajuste onde o cidadão está fragilizado."

Tudo o que sabemos sobre:
ajuste fiscal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.