Corte de verba para Rodoanel deixa Serra preocupado

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), não escondeu ontem a preocupação com o corte votado pela Comissão Mista de Orçamento que tirou R$ 224 milhões, de um total de R$ 264 milhões, da construção do trecho sul do Rodoanel.O presidente da comissão, José Maranhão (PMDB-PB), telefonou a Serra e garantiu que ocorreu um engano na votação e que isso será corrigido em plenário, na quarta-feira. "Não me tranqüilizou totalmente, mas de todo o modo temos uma expectativa positiva", disse Serra em Bebedouro, onde inaugurou obras viárias. O governador afirmou que ficou preocupado quando soube do corte dos recursos. "O Rodoanel, trecho sul, que está sendo feito, custa R$ 4 bilhões. É a obra viária mais cara em São Paulo, e talvez no Brasil, e o aporte do governo federal para o total seria de R$ 1,2 bilhão, que é uma parte até pequena do conjunto", afirmou. "Por isso esse corte na Comissão do Orçamento nos deixou muito preocupados", disse Serra. "Maranhão telefonou dizendo que houve engano na votação e prometeu que isso será reposto no plenário."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.