Correligionários de ACM preparam festa

Os correligionários do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) querem dar uma demonstração de força no retorno de Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) a Salvador. Uma grande festa está sendo preparada para receber o cacique baiano no Aeroporto Deputado Luiz Eduardo Magalhães, ao qual devem comparecer políticos, artistas e cabos eleitorais. A intenção é "invadir" o aeroporto e prestar solidariedade a ACM, na briga que o senador trava contra o presidente Fernando Henrique Cardoso, o PMDB, o PT, alas do PFL e, mais recentemente, o procurador Luiz Francisco Souza. "Vamos prestigiar a posição moralizadora do senador Antonio Carlos e queremos mostrar que o PFL tem uma grande oportunidade de se firmar perante a opinião pública, pelo combate à corrupção", comentou o governador da Bahia, César Borges (PFL). Apesar de o público previsto ser de 5 mil pessoas, Borges disse hoje que a festa é um evento para ter, no mínimo, 10 mil. "Vamos ter até apresentação de artistas que já se manifestaram publicamente a favor de ACM", afirmou o governador. "O lema será: ´Com ACM para o que der e vier´", completou. O senador, que está em Miami, só deverá chegar à Bahia no dia 8, passando antes por São Paulo e Brasília. A recepção começará em Jequié, distante 360 quilômetros de Salvador, no encerramento do primeiro encontro de prefeitos promovido pela União de Prefeitos da Bahia (UPB). A previsão é que, dos 417 administradores municipais do Estado, 390 deverão participar do evento e integrar a homenagem ao senador. "Depois, voltaremos a Salvador para a festa, que será em praça pública."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.