Correios vendem 240 mil selos em homenagem a Lula

Em menos de duas semanas, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) vendeu 239.879 unidades do selo em homenagem ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foram 236.561 selos comercializados nas agências do dia 3 até ontem e 3.318 pela internet desde a última segunda-feira (10) até hoje. A imagem estampada no selo, que custa R$ 2, é a de um retrato de Lula tirado nos jardins do Palácio da Alvorada pelo fotógrafo oficial da Presidência, Ricardo Stuckert. A tiragem do selo comemorativo é de 900 mil exemplares.

WLADIMIR D'ANDRADE, Agência Estado

13 de janeiro de 2011 | 16h46

A emissão de selos de presidentes da República está em vigência desde 1996, regulamentada pela portaria 818 do Ministério das Comunicações. A regra permite homenagem em selo postal a chefes de Estado em vida somente após o término do mandato. Por isso o selo do ex-presidente Lula só foi lançado no dia 1º, logo após o petista passar o cargo para a presidente Dilma Rousseff.

O selo pode ser comprado tanto nas agências dos Correios quanto pela loja virtual (www.correios.com.br/correiosonline).

Tudo o que sabemos sobre:
homenagemseloCorreiosLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.